segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Degustação de vinhos na Toscana

Aqui vai uma sugestão de passeio para quem está em Firenze: visita a San Gimignano e depois degustação de vinhos toscanos numa maravilhosa adega muito tradicional da Toscana?

Hoje em dia existem muitas vinícolas, mas as que nós gostamos são aquelas que tem uma longa tradição, onde os tataravôs, bisavôs e avôs dos proprietários trabalharam a mesma terra, melhorando o vinho durante os séculos.

Para mais informações, escreva-me o número de pessoas e o período que deseja conhecer a Toscana para este endereço: patcarmobaltazar@gmail.com.


Nós, pertinho de San Gimignano numa vinícola que é um sonho!

Este programa é ideal para quem está em Firenze e deseja fazer uma excursão aos arredores da Toscana.

Saimos bem cedo de Firenze, vamos à san Gimignano, depois almoçamos e degustamos no meio de um vinhedo maravilhoso no campo, que conheço há muitos anos, e seguimos viagem para Siena.

Seguem fotos das entradas típicas:

Os crostini

Um clássico que todos adoram: bruschette capresi

Vista da cidade de San Gimignano

Um pratinho delicioso de uma pasta simples e deliciosa!

Para quem gosta: o lugar certo para comer um bom presunto crú.

Paraíso dos queijos.


Depois de Siena, retorna-se à Firenze.

É um dia inesquecível.

Exemplo de degustação em vinícola muito especial:


Degustamos  4 vinhos toscanos: Vernaccia di San Gimignano DOCG Vernaccia o "Amêndoas" DOCG, Chianti DOCG e San Gimignano Rosso DO C "Convivio ", acompanhado por bruschetas com azeite extra virgem, pão, azeitonas e queijo pecorino.  

Nesta vinícola temos também especialidades da zona com açafrão, produto que fez com que esta zona prosperasse com as suas exuberantes plantações desta especiaria, que naturalmente acompanha vinhos produzidos aqui: Vernaccia di San Gimignano DOCG Vernaccia di San Gimignano DOCG "Amêndoas", Chianti San Gimignano DOCG e DOC Rosso "Convivio", acompanhado de torradas com açafrão e creme de queijo, bruschetta com azeite extra virgem, queijo com geléia e mel.

Para a sobremesa Cantuccini e Vin Santo, aguardente de Vernaccia e Açafrão.
Especial do começo ao fim!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Mais sugestões para o REVEILLON

Aqui vai um post escrito pelo meu braço direito aqui em Roma, a Marianna, que é italiana mas fala portugues melhor do que eu ;) e adora mostrar a sua cidade para viajantes brasileiros. Ela fala tão bem português por que morou no Brasil e adora brasileiros - gente, pode ser melhor?!



Marianna em Lisboa, na frente do famoso bar "A Brasileira"

Sugestões para o REVEILLON  em Roma

Como é passar a “virada do ano” em Roma?

Para comemorar o “capodanno” os romanos geralmente saem para jantar em restaurantes ou ficam em casa com a família e os amigos.
Em Roma existem muitas opções para jantar em restaurantes no dia 31 de dezembro. Como podem imaginar os preços (com “menù fisso”) são muito maiores em ocasião do reveillon (“veglione”). Muitos restaurantes oferecem música e possibilidade de dançar durante toda a noite. Se quiserem dar uma olhada às oportunidades por favor confirar nos seguintes sites:
www.romaacapodanno.comwww.capodannoromaeventi.it ou qualquer site atualizado sobre a programaçao do “capodanno”, desse modo poderão ter uma idéia de preços e tipo de festas.

Geralmente a prefeitura organiza algum show ao ar livre de cantores italianos e internacionais. (no passado estes eventos foram em Piazza del Popolo).
O grande movimento está mesmo nas ruas, nos canteiros onde as pessoas, com um espumante pronto para ser aberto, sentam para esperar a meia-noite chegar.

O que nós sugerimos é experimentar o reveillon à maneira dos romanos: antes da meia noite, depois de ter jantado em algum local perto de Via Cavour ou bairro Monti ou Celio dirijam-se para os arredores do Coliseu e arrumem algum local para sentar e aguardar os fogos.
Ao chegar a meia-noite, os fogos iniciam e é realmente espetacular observar o Coliseu iluminado pelas luzes e pelos fogos...
Sugestões práticas: segurança em Roma não é problema, mas lembre-se de que, sobretudo na virada do ano, tem muitos turistas e poucos táxis, se o seu hôtel for no centro fica mais fácil se deslocar a pé.