domingo, 30 de outubro de 2016

Selinunte: a Grécia aqui na Sicília

Tivemos hoje, de novo, um terrível terremoto na Umbria. Este post é uma homenagem simbólica ao país que amo e que já vivenciou todos os tipos de alegrias e tragédias que somente uma gama divina poderia inventar; sei que vai resistir também às novas plactas tectônicas que têm dado muito trabalho neste ano de 2016.




Selinunte é uma das áreas arqueológicas mais importantes do mundo e fica a uma boa distância para quem estiver hospedado em Trapani, Marsala ou arredores de Agrigento.


Esta região foi habitada na noite dos tempos por povos indígenas, chamados "Sicanos", depois por Fenícios (obviamente!) e gregos - segundo Tucídides -, que depois foram conquistados pelos romanos (III ´séc. a.C.). Selinunte teria sido fundada na segunda metade do VII séc. a.C. e atingido uma população de 70.000 habitantes.


Selinunte surge no topo de escolhos, a 40m sobre o nível do mar, num lugar com uma vista deslumbrante para fundar uma cidade.

As ruínas que vemos hoje são divididas em duas partes do sítio arqueológico: a colina ocidental com   a Acrópole e a colina oriental, com os templos gigantescos, chamados templos E (dedicado provavelmente à Hera) - templo F (dedicado à Atenas) - templo G (dedicado a Zeus), que foram construídos entre os anos 560 a.C. e 470 a.C.. É por estes aqui que começamos a nossa excursão.

Para agilizar o percurso, quando chegamos aqui ficamos tão emocionados que queremos chegar logo perto das enormes colunas dos templos... então estes carrinhos aceleram o percurso...


O material de construção dos templos vinha das pedreiras a Leste da cidade antiga (chamada "Cave di Cusa" ou "pedreiras de Cusa" em português) e era constituído por rocha sedimentária; aliás, a zona escolhida pelos engenheiros era exatamente onde esta rocha se demonstrava mais compacta, de modo que fosse possível extrair gigantescos blocos para a construção dos elementos que formavam os gigantescos templos . Os arqueólogos identificam uma brusca interrupção dos trabalhos da pedreira, mas até hoje não sabemos a razão.

O templo conhecido como de "Hera" era o segundo maior de Selinunte (~67 x ~25m), mas é o que chegou mais inteiro até nós. Foi construído em estilo dórico, em torno a 480 a.C e suas colunas medem 10m de altura. É um colosso construído com precisão de centímetros para as famosas correções óticas.


Na colina ocidental, temos os templos A, dedicado aos deuses Cástor e Pólux - tempolo B, pequena construção com muitos traços de policromia; aqui a estrela é o templo C, dedicado a Apolo, e D e vários altares onde eram incineradas as ofertas aos deuses.

Aqui ainda podemos percorrer uma das duas ruas principais que leva à gigantesca muralha do V século a.C. com as torres.


Visitar Selinunte é chegar mais perto das nossas próprias raízes e poder nos maravilhar mais uma vez com a tecnologia e engenharia gregas de uma cidade planejada onde é verifica-se mais uma vez a capacidade do Homem em estudar e modelar a Natureza para viver e honrar seus deuses.

Inesquecível.

Endereço: Via Selinunte
Província : Trapani
Tel. : 092446277
Horário de ingresso : Abertura às 9h. Fecho: do dia 1° de Outubro às 17h (saída até às 19h); de 28.10 às  16h  (saída até às 19h).
Ticket inteiro: € 6
Ticket reduzido: € 3

Mais sobre a Sicília: SiracusaCatânia, Trapani, Segesta, PalermoGinostra (ilhas Eólias) e Culinária na Sicília, uma introdução básica

domingo, 23 de outubro de 2016

Galleria Borghese com guia em português


Do mesmo jeito que um simples crucifixo é mais do que simplesmente dois segmentos de linhas intersectadas, e possuem uma complexidade incrível de significados, todas as obras de arte podem ser compreendidas no momento em que são contextualizadas e a sua guia em português funciona como uma ponte entre você e a obra de arte, explicando o momento histórico no qual ela foi realizada, razão da criação e iconografia.

Galleria Borghese Tour Personalizado

Jardim Secreto da Galleria Borghese - tour personalizado

Por que uma guia em português - No momento em que leva-se em consideração (pelo menos!) o momento histórico, o comitente e o artista de uma obra de arte... eventualmente considera-se também os personagens e objetos e plantas representados (muitas vezes ligados à cultura romana) pode-se dizer ter "visto" uma determinada obra de arte e ir além, estabelecendo um vínculo pessoal com os trabalhos artísticos de uma galeria ou museu.

Apolo e Dafne, Bernini, Galleria Borghese, Roma

O grupo escultóreo "Apolo de Dafne" é o trabalho que demonstra a maturidade artística de Bernini, que trabalha pela primeira vez sem fazer citações aos grandes maestros renascentistas, colocando-se em concorrência com o próprio mito! Interessante acompanhar vários períodos do grande maestro na Galleria Borghese, entendendo e observando com atenção o seu modo de tratar a superfície do mármore.

Galleria Borghese com guia em português

A Galleria Borghese de Roma, como tudo em Roma, não é um museu normal, pois não foi planejado para sê-lo. Trata-se da mansão do campo renascentista da família Borghese; a excepcional  coleção que temos hoje no seu interior é fruto da paixão pela arte do cardeal Scipione Borghese, coleção esta iniciada em 1600 e que contém obras-primas da antiguidade, Renascimento e Barroco, com grande destaque para Bernini e Caravaggio. Quem se prepara para vir a este grande antro da arte ocidental sabe que aqui também vai encontrar Canova, Parmigianino, Raffaello, Giorgione, Rubens, Pinturicchio e Correggio...

Galleria Borghese com guia em português
Di Michelangelo Merisi da Caravaggio - Opera propria, Lafit86, Pubblico dominio, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=10250309

Seguem alguns dos trabalhos mais "famosos" que moram neste importantíssimo museu:

Sala IV, Sala dos Imperadores , Galeria Borghese com guia particular

A enorme tela de Caravaggio de quase 3m de altura, com o tema da Virgem dei Palafrenieri (1606), pintada no final da curta vida do grande gênio tem como tema o menino Jesus que destrói a serpente do pecado original com a ajuda da Virgem, ambos observados pela Santa Ana (que aqui representaria a graça na redenção).

Galleria Borghese com guia em português
 Tiziano: Amor sacro y amor profano 1515-1516. 118 x 279. Oleo sobre lienzo. Galleria Borghese, Roma. cv.uoc.edu, Pubblico dominio, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=15588281

Amor Sacro e Amor Profano (1515) de um Tiziano com apenas 25 anos, mas já maduro para revolucionar a história da pintura; inicialmente uma comissão do vêneto Niccolò Aurelio para a sua futura esposa, o pintor foi pedido para expressar as duas formas de amor: "sagrado e profano". A genialiade deste pintor logo ultrapassa a esfera privada da simples comissão para atingir uma linguagem universal através dos personagens representados e da sua paleta de tons tipicamente vêneta, que deu origem ao nome "vermelho tiziano".

Galleria Borghese com guia em português

 O incrível Daví (1623-24) do Bernini, que trabalha o mármore como se fosse matéria macia, pode ser um auto-retrato enquanto enfrenta a real dureza do seu material de trabalho, segundos antes de enfrentar o gigante Golias.

Galleria Borghese com guia em português
Di Alvesgaspar - Opera propria, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=43569142

Galleria Borghese com guia em português
A figura típica de beleza helenística nos atrai e absorve completamente: maravilha das maravilhas a famosa escultura em mármore do filho de Hermes e Afrodite, o "Hemafrodita adormentado" (cópia romana do II séc. d.C.), representa um corpo quase inteiro feminino, numa torsão horizontal, em um sono de uma sensualidade única. A parte frontal da escultura tem o sexo masculino.

Caravaggio: "Garoto com cesto de frutas"

Obraprima de um Caravaggio che ainda ganharia o mundo, o "Garoto com cesto de frutas" foi provavelmente realizada quando ainda trabalhava no estúdio do Cavalier D'Arpino.
Num primeiro momento temos  a sensação que o quadro exala vida jovem com o rapaz (muito andrógino por sinal) do olhar lânguido e com o ombro de fora e com as frutas. Mas, nun segundo momento percebemos melhor que as frutas estão para perecer. Apesar da jovem idade de Caravaggio (20 anos em 1693-94) já encontramos muitas das características que vão marcar seu estilo da exaltação do tema representado através do forte contraste de luz e habilidade técnica "fotográfica" - aliás, as pinturas de Caravaggio podem sem aprofundadas no nosso tour exclusivo "Caravaggio" - siba mais sobre o pintor mais fascinante do Barroco aqui: http://guiaderoma.blogspot.de/2015/02/caravaggio.html.

Paolina Borghese, obraprima do escultor vêneto Antonio Canova
Paolina Borghese Vênus Vencedora (1805-08), de Antonio Canova
 Foto: Di Antonio Canova - Trasferito da de.wikipedia su Commons.; originally from: Alfred Gotthold Meyer, Canova, Bielefeld & Leipzig, 1898, p. 49; sconosciuto, uploader was Katanga at de.wikipedia, Pubblico dominio, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=17193242

O último grande escultor do Vaticano era vêneto e se chamava Antonio Canova (1757-1822). Além de ter  sido o artista oficial do Napoleão (entre 1802-10), foi encarregado pelo papa Pio VII da delicada tarefa de recuperar as obras roubadas pelos franceses durante a ocupação napoleônica.
Na sua obraprima "Paolina Bonaparte Borghese" - símbolo da célebre Galleria Borghese de Roma - , como Vênus Vencedora (retrato da irmã de Napoleão), podemos observar uma sua obra típica, considerada por alguns como "fria e acadêmica", além de muito ligada a um programa cultural "óbvio demais";  mas é inegável a perfeição da representação e a elegância dos gestos atribuidos ao personagem retratado.

Quem sabe ao final do tour você vai poder tirar as suas próprias conclusões sobre as diferenças entre o Daví do Michelangelo e o Daví do Bernini!

Galleria Borghese com guia em português

Final de tour da Galleria Borghese no inverno com a família da Eliane - olha que delícia!

O jardim da famosa villa é parte do nosso tour pois foi concebido ao mesmo tempo em que a mansão da nobre família, com seu jardim secreto, o bosque de caça e os jardins ingleses e exóticos. Hoje é uma maravilhosa área verde onde romanos adoram passear, andar de bicicleta, namorar e ver a sua cidade do alto.

Endereço: P.zzale del Museo Borghese
Horário de abertura: De 3a à domingo, das 8.30h às 19.30
Reservas obrigatórias: 06 32810
Site oficial: www.galleriaborghese.it/
Custo da entrada: de €15 a €20.


Para reservar, por favor preencha os dados da sua viagem à Roma no nosso formulário de contato para facilitar a comunicação ou mande um email diretamente para mim: patcarmobaltazar [AT] gmail.com! 

Visite os Museus Vaticanos, Capela Sistina e Basílica de São Pedro com a gente!

Museus em Roma:
Museus Capitolinos
Museu Etrusco
Galleria Borghese
Museu Barraco
Palácio Máximo

terça-feira, 18 de outubro de 2016

O nosso city tour Anjos e Demônios


Seguir os passos do Prof. Langdon é uma maneira diferente de mergulhar na essência de Roma: o Antigo e o Barroco, com uma pitada de Renascimento. Neste tour vamos direto a alguns monumentos importantes e igrejas que representam pedras milhares da História da Arte e Arquitetura; atenção, pois com tanta beleza envolvida, posso dizer que essa é uma excursão para fortes corações! 

Igreja Santa Maria della Vitória, Roma


Sem dúvida o Pantheon é o edifício antigo mais amado não só por leigos, mas por engenheiros e arquitetos, pois a simplicidade do seu desenho deixa as maiores inteligências perplexas há dois mil anos. Visitá-lo no contexto de um roteiro de um filme americano pode ser um modo fácil de apresentar esta obra monumental à crianças ou somente ter a oportunidade de saber mais sobre as técnicas e materiais de construção e o contexto no qual foi construído.

Praça de Santa Maria Sopra Minerva, Roma

A pequena e discreta Santa Maria del Popolo poderia passar despercebida ao marinheiro de primeira viagem, mas quem conhece Roma vai saber desvendar os mistérios de Anjos e Demônios, indo além do filme e mostrando um pintor de caráter genial e demoníaco, como o Caravaggio, que tem dois quadros em uma das capelas. O cenário do filme é a Capela Chigi, com a arquitetura de um Rafael Sanzio muito jovem e ambicioso que trabalha no monumento funerário de dois personagens importantes como os seneses Chigi, cujo funeral foi frequentado por nada menos do que 86 carroças da família do papa. Agostinho Chigi foi a grande figura do Renascimento romano que mandou construir e afrescar a VillaFarnesina; foi amante da famosa Impéria. A Capela Chigi é uma obra-prima construída em homenagem à Redenção e à Ressurreição em um ambiente de padres agostinianos da Roma renascimental.
Pantheon, Roma


O Castel Sant'Angelo é um monumento que deve ser compreendido em todas as suas fases, pois é interessante demais para que se percam detalhes desta também monumental obra do imperador Adriano. Este monumento foi inspirado por um mausoléu do Egeu do qual hoje não sobrou nada além das fundações; Roma nos oferece ainda a fantástica possibilidade de, não só observá-lo por fora, mas de entrar neste grandioso edifício. 

Esculturas do Bernini, Santa Maria del Popolo, Roma


O grande cilindro posicionado ás margens do Tibre é hoje um museu, mas foi monumento funerário, forte, prisão e aposentos papais. As suas dimensões se fazem sentir somente quando entramos no seu interior e visitamos os bastiões e subimos a rampa helicoidal entre uma das paredes que eu mais gostaria que pudesse falar – ou talvez não!
Castel Sant'Angelo, Roma - Tour Anjos e Demônios em português

A igreja de Santa Maria della Vitória, é visitada somente por apaixonados por arte e barroco, pois fica um pouquinho fora do centro histórico; passei horas, dias e anos lá dentro estudando-a e deliciando-me com a sua riqueza e posso dizer com tranquilidade que é uma das igrejas que, além da estória do Prof. Langdon, convém ter uma guia para que se possa apreçar melhor sua história, as suas obras de arte e a sua semântica velada - pois é muito mais do que uma igreja, é um museu! 

Na ponte Sant'Angelo, antes de entrar no Mausoléu de Adriano

No alto do Castel Sant'Angelo

Essa igreja tem uma história muito interessante pela sua posição geográfica e ficava longe da cidade. Durante a sua construção foram encontradas esculturas antigas; aqui temos altares maravilhosamente decorados com pedras semi-preciosas. A arquitetura é tipicamente Barroca e foram empregadas as ordens do Concílio de Trento. Temos revestimentos em diversos tipos de mármores, alabastro da Sicília, uma tela do Domenichino, um afresco atribuido anteriormente a Guido Reni, além do famoso "Êxtase de Santa Teresa" e tantas outras preciosidades.

O cappucino merecido do final do tour!

Para reservar, por favor preencha os dados da sua viagem à Roma no nosso formulário de contato para facilitar a comunicação ou mande um email diretamente para mim: patcarmobaltazar [AT] gmail.com!

Veja também os Museus Vaticanos, Capela Sistina e Basílica de São Pedro com a gente...
e o Coliseu e área arqueológica!

sábado, 8 de outubro de 2016

Alugar Apartamento em Roma

 Quem acompanha o blog sabe que amo Trastevere, o bairro onde moro desde 2002. Obviamente não poderia amar uma zona de uma cidade somente por que existem bares e restaurantes; a história de Trastevere é muito antiga e hoje temos traços do período imperial e da grande quantidade de mártires e judeus convertidos que aqui viveram (tour Trastevere), titula e igrejas fundadas na Idade Média. É por isso e pelas razões mais imediatas, como as famosas floreiras e bouganvilles (ou primaveras) que enfeitam as sacadas que o viajante fica imediatamente apaixonado por este bairro.

 Fachada da lateral do prédio

Sala com a porta de entrada aberta

Vai aqui uma dica de apartamento de um amigo meu que é ideal para casais ou casais com filhos numa zona super bem localizada de Trastevere.

O apartamento está na Via della Luce, na frente de ruínas romanas, a 5 minutos do bonde que leva à Praça Venezia - e de lá se vai ao Coliseu ou às famosas praças ou às ruas de comércio. Até para ir à Óstia ou São Paulo Fora dos Muros o apartamento é bem localizado!

Cozinha

Quarto
 
Naturalmente estamos falando de uma linda caminhada de apenas 30 minutos para a Basílica de São Pedro.

Obviamente os melhores restaurantes e deliciosos cafés, sorveterias (5 minutos da Mary de Caravaggio!)  e de tudo o que este bairro oferece, com as mais práticas conexões para o centro histórico de Roma ou para o aeroporto de Roma Fiumicino!

Quarto visto do banheiro 

 Mesa da cozinha, cozinha e sacada
 
 Ducha

Escreva para o Vincent, frenguelli.alex [arroba] gmail.com, em italiano, inglês ou francês!

Se o Vincent já estiver ocupado, vá direto à agência on line do Emanuele, veja exemplos dos seus apartamentos aqui! http://guiaderoma.blogspot.it/2016/10/alugar-apartamento-em-roma.html

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Antinoo, o jovem mais bonito do mundo

(...) The
ivory body of that rare
young slave with his
pomegranate mouth."

Oscar Wilde, The Sphinx

Muita gente vem à Roma para ver a Pietà e o Moisés do Michelangelo, que são as obras-primas do grande escultor; mas Roma é Roma, e oferece muito mais do que a grande maioria conhece.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps

Hoje gostaria de falar um poquinho de um jovem grego lindo que nasceu em 110 d.C. Na Bitínia (atual Turquia), um jovem que tinha pelo menos metade de seu sangue grego e que falava grego. 
 
De todas as esculturas dos Museus Vaticanos (e tantos outros de Roma), esta chama a atenção pela sua beleza que encanta há dois mil anos. Templos foram erguidos em honra a este jovem e mais de 30 cidades do império emitiram moedas com o seu rosto. As suas esculturas foram encontradas espalhadas por todo o império, de Terragona (a Oeste do Império) à Armênia (no Leste). Acredita-se que totalizavam duas mil peças, das quais conhecemos hoje um pouco mais de cem – você encontra Antinoo, esse era o seu nome, não só em Roma, mas em Nápoles, no Fitzwilliam Museum de Cambridge, no Louvre, na Glyptotek de Munique, no museu arqueológico de Delfi, em Atenas, no Prado de Madrí e uma pequena pintura sobre madeira no Museu do Cairo.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps

Em número de representações de personagens da antiguidade, este jovem é o número 3, após Alexandre o Grande e Augusto; mas sabe de uma coisa? Este jovem não era nem nobre, nem rico e muito menos politicamente potente; ele era um simples escravo.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps


A vida de Antinoo foi marcada pelo encontro com o Imperador Adriano quando ele tinha apenas 12 anos, na Bitínia. Adriano o trouxe à Roma, e muito provavelmente ordenou que ele fosse educado na escola imperial dos escravos, na colina chamada “Célio”. À parte poucos dados dos quais os estudiosos têm alguma certeza, a sua vida permanece numa bruma de mistério, acentuada pela sua morte, que aconteceu quando ele tinha em torno a 20 anos, no Rio Nilo.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps

O que mais fala-se sobre Antinoo é que ele era o amante do imperador Adriano; a bissexualidade era fato corriqueiro naquela época. A partir de 127 Antinoo viajou muito com o imperador pelo império, dos arredores Roma até à Grécia, Ásia Menor à África setentrional, onde Antinoo morreu em 130.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps
Antinoo, Museu Arqueolèogico de Nápoles, foto do blogger Aurorartandsoul

De fato após 20 dias da sua morte, Adriano assinou o decreto no qual mandava fundar no Egito uma cidade que se chamava Antinoopolis.

Mais do que aparenta, um "simples amante do imperador", a figura do belíssimo Antinoo tem um grande potencial para se desdobrar em conotações políticas, planejadas minuciosamente por Adriano, que fundou não só a cidade em sua honra, mas um culto ao jovem afogado nas águas do Nilo.

City Tour particular em Roma - Palazzo Altemps
Expo "ANTINOO, UN RITRATTO IN DUE PARTI", Palazzo Altemps, Roma

As representações de Antinoo são conhecidas desde o Renascimento, acredita-se que o Antinoo-Baco do Museu Arqueológico de Nápoles tenha servido como inspiração para o Baco do Michelangelo, por exemplo. E se você olhar bem, vai ver que esta afirmação não é tão absurda!

Em tempos modernos, até Oscar Wilde não resistiu ao jovem escravo da Bitínia, veja seu poema “The Sphinx”. Para não falar das vozes que dizem que a descrição de Dorian Gray teria sido feita a partir da observação de imagens de Antinoo, ou até mesmo o “nosso” Fernando Pessoa, que escreveu “Antinous” (1918), originalmente em inglês!

Quando vier à Roma, não deixe de encontrar o jovem da “boca de Romã” (O. Wilde)... talvez você até seja surpreendido por ele em lugares inusitados!

Mostra visitada em 2016 no maravilhoso Palácio Altemps.

Para orçamentos de City tour com guias fantásticas em português, por favor preencha o formulário com os dados da sua viagem!