sábado, 13 de fevereiro de 2016

Basílica de Santa Prassede

Dedico este post à Fátima e Socorro.

Perto da Basílica de Santa Maria Maior, escondidinha numa rua sem movimento e atrás de uma discretíssima fachada, encontramos a entrada lateral para a basílica de Santa Prassede.

Igreja de Roma Santa Prassede
Nave central da Basílica de Santa Prassede

Os textos da igreja que narram a vida dos mártires afirmam que a santa viveu entre os século I e II e era filha de um importante senador, Prudente. A lenda nos diz que Pudente e seus filhos (Prassede, Pudenciana, Novato e Timóteo)  foram convertidos por São Paulo e que Prassede recolhia o sangue dos mártires com uma esponja.

A família inteira foi martirizada durante as perseguições do imperador Antonino Pio e enterrada nas Catacumbas de Priscila.

Esta é uma igreja para quem tem interesse em mosaicos, ou está se apaixonando por essa maravilhosa técnica utilizada na Roma medieval; para quem deseja ver o tipo de arte realizada no período conhecido como renascença carolíngea (termo obviamente inventado por um francês, Jean-Jacques Ampère, no final da primeira metade do século XIX).

Do ponto de vista dos fiéis, trata-se de uma igreja importante de Roma, pois diz-se que esta teria sido construída sobre o titulus praxedis (casas onde aconteciam as reuniões dos cristãos) , que segundo a tradição era a filha do senador Prudente, um pagão convertido pelo apóstolo Paulo mencionado em uma das suas cartas,  2 Timoteo, 4 21. Roma é história viva da igreja.

Igreja de Roma Santa Prassede, arco triunfal
Os arcos e o cibório com a quantidade imensa de mosaicos maravilhosos!

Em torno ao ano de 780, o papa Adriano I mandou resturuturar a igreja e o papa Pasqual I, no primeiro ano do seu pontificado, mandou fazer uma segunda alteração na cripta da igreja para que recebesse as relíquias dos santos mártires.

Igreja de Roma Santa Prassede, sarcófago romano
Sarcófago estrigilado com as relíquias 
das santas Prassede e Prudenciana na cripta

A parte da decoração mais impressionante desta basílica são os mosaicos de mãos espertas bizantinas, do IX século.

O arco triunfal tem a representação do Cristo com os apóstolos, Moisés, Elias, os anjos e os eleitos.

Igreja de Roma Santa Prassede
Arco triunfal, detalhe, Basílica de Santa Prassede

O arco absidal tem os símbolos dos evangelistas, o Agnus Dei, os sete candelabros e os cavalheiros do Apocalipse.

Igreja de Roma Santa Prassede, arco triunfal e baldaquino
Arco absidal da Basílica de Santa Prassede

No catino da ábside, temos Cristo com os santos Pedro, Pudenciana, Diacono, Paulo, Prassede e o papa Paqual I. Na parte superior deste grupo, a mão de Deus oferece a coroa da vitória a seu filho.

Espetacular a Capela de São Zenão que Pasqual I mandou contruir para sua mãe, Teodora. Veja o mosaico que representa Teodora com as santas e a Virgem.

Igreja de Roma Santa Prassede, capela de São Zeno
Mosaico da Capela de São Zenão com Teodora, 
e a Virgem Maria entre as Santas Prassede e Pudenciana

O teto desta capela é maravilhoso com o Cristo dentro do círculo, apoiado a quatro anjos:

Igreja de Roma Santa Prassede, capela de São Zeno
Teto da Capela de São Zenão

Essa basílica é famosa por conter as relíquias de dois mil e quinhentos mártires.

Aqui também temos um retrato feito por Bernini, com apenas 17 anos, no monumento fúnebre de Giovan Battista Santoni.

Se achar melhor pegar uma guia para explicar os detalhes desta basílica e outras da região, por favor, preencha os dados da sua viagem aqui http://www.guiabrasileiraemroma.com.br/#!contato/c1lmm para facilitar a nossa comunicação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário